Depois de criar uma lista sobre as cinco protagonistas femininas mais incríveis, resolvemos criar uma antítese e listar os cinco piores vilões da literatura mundial. Em quase toda história há o personagem com um bom caráter, que se preocupa com os sentimentos dos outros e há também o seu oposto, seu antagonista, aquele que age de maneira cruel e implacável.

Listamos os mais cruéis de todos os tempos (segundo votação da nossa equipe).

diabo2-thumb-800x973-77192        1º lugar – Mefistófeles (Fausto) – Fausto negocia com Mefistófeles viver por vinte e quatro anos sem envelhecer, mas para que isso aconteça, ele entrega sua alma a Mefistófeles. Fausto conhece o amor de Margarida e decide então que não quer mais ir para o inferno, porém Mefistófeles é implacável com o jovem doutor.

Image-of-moriarty

2º lugar – Professor Moriarty (O Problema Final – Contos) – Ele é o antagonista do detetive Sherlock Holmes. O único que talvez tenha uma inteligência que chegue perto da de Holmes ou até mesmo que a supere. Professor Moriarty está por trás de todos os grandes crimes de Londres sem ao menos ter seu nome vinculado a eles. Moriarty chega a tramar a morte de Holmes.

01

3º lugar – Javert (Os miseráveis) – É um personagem metódico e racionalista. Cego pela lei e pela ordem é um homem incapaz de demonstrar qualquer compaixão. Javert é o responsável por infernizar a vida do ex-condenado Jean Valjean. 

21jan2013---marilia-pera-interpretou-juliana-na-minisserie-o-primo-basilio-1988-1358796280341_300x420

4º lugar – Juliana (O primo Basílio) – Ela é a criada da casa de Luísa e é, talvez, a mais complexa personagem da obra de Eça de Queirós. Juliana é uma mulher magra, feia e solteirona que se vê desesperada ao perceber que nuca deixará de ser empregada. Com todo esse amargor gerado por sua condição, Juliana inferniza a vida de Luísa quando descobre que ela trai o marido. As chantagens e malvadezas de Juliana são tão grandes que nos fazem ter dó da pobre Luísa.

Shere-Khan-mogli-menino-lobo

5º lugar – Shere Khan (Mowgli) – É um tigre de bengala que tenta matar Mowgli. A motivação de Khan é clara: ele quer matar Mowgli para que ele não cresça e vire um caçador, ameaçando sua vida na floresta, além, é claro, de querer se deliciar com Mowgli como prato principal. O que faz de Khan um vilão perfeito é a sua calma, ele trata a caçada como algo esportivo, o que não deixa de ser cruel.