Monthly Archive

For maio, 2015

Irmãs geniais

Além de Jane Austen, as irmãs Charlotte, Emily e Anne Brontë fazem muito sucesso entre os amantes da literatura inglesa. Com romances recheados de cenários belíssimos, dramas densos e personagens obscuros, as talentosas irmãs conquistaram seu lugar no grupo das grandes escritoras da Era Vitoriana.

As obras mais famosas de Charlotte e Emily, Jane Eyre e O Morro dos Ventos Uivantes respectivamente, ganharam belíssimas adaptações para o cinema.

Jane Eyre (2011)

jane_eyre_2011_1023x682_638694Filme protagonizado por Mia Wasikowska como Jane Eyre e Michael Fassbender como o Sr. Rochester. Conta a história de Jane que, após uma infância triste, resolve se tornar uma governanta. Ela aceita um emprego em Thornfield Hall, e lá conhece o misterioso e frio dono da casa, o Sr. Rochester. Aos poucos, eles se aproximam e Jane começa a sentir algo a mais pelo patrão. A jovem aproveita a recém-descoberta felicidade, mas os segredos de Rochester podem acabar com esse sentimento.

O Morro dos Ventos Uivantes (1992)

6a00d83467174c53ef013480505923970c

A adaptação mais conhecida do livro, estrelado por Juliette Binoche e Ralph Fiennes nos papéis principais, o filme narra a história de Catherine Earnshaw, que no final do século XVIII, em uma área rural da Inglaterra, se apaixona pelo cigano Heathcliff, seu irmão adotivo. Criados juntos, eles são separados pela morte do pai de Catherine e a crueldade com que Hindley Earnshaw (Jeremy Northam), seu irmão, trata Heathcliff. Quando Heathcliff fica sabendo que ela vai se casar com Edgar Linton (Simon Sheperd), um homem rico e gentil, Heathcliff foge para fazer fortuna, ignorando o fato de que Catherine o ama.

O Morro dos Ventos Uivantes (2009)

tv-brontewh09

Em 2009, a emissora inglesa ITV estreou uma série dividida em duas partes, e que contava com Tom Hardy como Heathcliff e Charlotte Riley como Catherine Earnshaw.

As irmãs Brontë (1979)

destaq_irmasbronte

Um filme francês de André Téchiné, sobre a fascinante história das célebres irmãs escritoras, Emily, Charlotte e Anne Brontë. O elenco conta com algumas estrelas do cinema francês: Isabelle Adjani (A Rainha Margot), Isabelle Huppert (A Professora de Piano) e Marie-France Pisier (O Amor em Fuga). Na trama, Charlote relembra alguns episódios de sua vida com seu pai, o reverendo Brontë e com suas duas irmãs, Emily e Anne, assim como seu irmão Branwell, que era pintor. Enquanto as três irmãs escrevem seus romances e poemas, o irmão, apaixonado por uma mulher que se recusa a casar com ele, entrega-se ao álcool e às drogas.

Processed with VSCOcam with 6 preset

Para adquirir nossas obras das irmãs Brontë, visite os links abaixo

Livraria Cultura – Morro dos ventos uivantes

Livraria Cultura – Jane Eyre

Livraria Cultura – Agnes Grey

Saraiva – Morro dos ventos uivantes

Saraiva – Jane Eyre

Saraiva – Agnes Grey

 

 

 

Shakespeare além dos livros

Assim como nossa querida Jane Austen, os livros de Willian Shakespeare, o bardo inglês, possuem inúmeras adaptações para a sétima arte. Com filmes levemente inspirados em suas obras, filmes fiéis e até mesmo alguns que retratam sua vida, é possível dizer que suas histórias e influência continuam vivas e a fascinar leitores e amantes da literatura ou do teatro anos após sua morte.

Separamos alguns filmes, os que achamos mais interessantes, que possuem traços de roteiro inspirados nas obras do autor e outros que são adaptações mais fieis.

Planeta Proibido (1956)

1

Pôster do filme Planeta Proibido

Esse filme é, talvez, o mais louco de todos os filmes. Inspirado na peça A Tempestade, o diretor Fred M. Wilcox resolveu retratar a ilha deserta e desconhecida de Shakespeare como um planeta longínquo. O longa traz Walter Pidgeon como Morbius, um cientista que sai da Terra a bordo de uma nave espacial em companhia de sua filha, Altaira (Anne Francis), personagens que remetem ao duque de Milão, Próspero, e sua filha, Miranda, da peça do bardo.

 

Amor, Sublime Amor (1961)

2Com uma roupagem mais nova, esse longa inspirado em Romeu e Julieta, e vencedor do Oscar de 1962, traz a história de amor entre dois jovens em meio a uma guerra entre gangues de Nova York. Julieta é Maria e Romeu é Tony, filhos de famílias rivais que dominam a cidade americana.

O Rei Leão (1994)

3Quem poderia imaginar que um dos desenhos mais queridos da Disney e que fez parte da infância de muitas pessoas nos anos 90 fosse baseado na peça dramática Hamlet. Dirigido por Roger Allers e Rob Minkoff, a trajetória de Mufasa e Simba é inspirada na história do famoso príncipe da Dinamarca. Simba perde o pai, o rei Mufasa, após este cair de um desfiladeiro. Toda tragédia é tramada pelo tio de Simba, Scar, que pretende ocupar o lugar do irmão como rei. O mote é o mesmo da história de Hamlet, cujo pai é envenenado pelo irmão, Cláudio.

 

10 Coisas que Eu Odeio em Você (1999)

comedias_romanticas_f_001Baseado na peça A Megera Domada, que conta a história de Catarina e Petrúquio, ela é uma moça rebelde e difícil de ser controlada e ele é seu pretendente, que faz de tudo para “acalmar” a moça. No filme, após receber o desafio com promessa de pagamento do endinheirado Joey Donner, Patrick Verona, vivido por Heath Ledger, tenta convidar a arisca Kat Stratford (Julia Stiles).

 

Ela é o Cara (2006)

4Inspirado em Noite de Reis. Na peça de Shakespeare, Viola sobrevive após um naufrágio, e acredita ter perdido seu irmão gêmeo no desastre, após esse acontecimento, ela se disfarça de homem, adotando o nome de Cesário. Na comédia romântica, Amanda Bynes interpreta Viola, que se finge de homem e começa a frequentar a escola de seu irmão, que decidiu tirar algumas semanas de folga.

 

Romeu + Julieta (1996)

6O filme é um ponto de vista contemporâneo do clássico Shakespeariano e conta a impossibilidade do amor entre dois jovens de famílias rivais. Na fictícia cidade de Verona Beach, Romeu (Leonardo DiCaprio) e Julieta (Claire Danes) se apaixonam, mas encontram a resistência de seus pais.

 

Sonho de uma noite de verão (1999)

cena-do-filme-1391039975709_956x500Talvez um dos mais fiéis à obra de Shakespeare, esse filme conta a história do duque Theseus (David Strathairn) que está prestes a se casar com Hipólita (Sophie Marceau) e, paralelamente, precisa resolver um problema, pois Egeus quer invocar uma lei para obrigar Hermia, filha de Theseus, a se casar com Demetrius (Christian Bale). Caso não concorde, ela se tornará uma freira, mas ela ama realmente Lysander e está disposta a passar toda a sua vida em um convento a entregar sua virgindade para um homem que não ama.

 

Sonho de uma noite de verão (1999)

7Talvez um dos mais fiéis à obra de Shakespeare, esse filme conta a história do duque Theseus (David Strathairn) que está prestes a se casar com Hipólita (Sophie Marceau) e, paralelamente, precisa resolver um problema, pois Egeus quer invocar uma lei para obrigar Hermia, filha de Theseus, a se casar com Demetrius (Christian Bale). Caso não concorde, ela se tornará uma freira, mas ela ama realmente Lysander e está disposta a passar toda a sua vida em um convento a entregar sua virgindade para um homem que não ama.

 

Othello (1995)

8É um filme estadunidense e britânico dirigido por Oliver Parker e com roteiro baseado na tragédia Otelo, o Mouro de Veneza. Foi o filme de estreia do diretor e a primeira vez que um ator afro-americano representou o papel-título em uma versão da peça para o cinema.

 

Abaixo, dois filmes inspirados na vida do próprio dramaturgo:

 

Shakespeare apaixonado (1998)

9Esse é o queridinho do Oscar, faturou 7 prêmios da academia, incluindo melhor filme e melhor atriz para Gwyneth Paltrow. O filme retrata a vida de William Shakespeare, que precisa escrever uma nova peça de teatro, mas está sofrendo um bloqueio e somente uma musa inspiradora poderá ajudá-lo. Ao se apaixonar por Lady Viola, ele volta a ter inspiração e escreve Romeu e Julieta. Na época, mulheres não podiam interpretar peças de teatro, mas Lady Viola se veste de homem para poder participar da peça de Shakespeare.

 

Anônimo (2011)

Rhys IfansÉ um filme intrigante que explora uma antiga teoria de que as peças de Shakespeare, na verdade, teriam sido escritas pelo Conde de Oxford. Edward de Vere.

 

 

Jane na tela

Não há dúvidas de que Jane Austen é uma das autoras inglesas mais queridas dos amantes da literatura clássica. Ela conseguiu criar personagens dotadas de sabedoria e que criticavam a sociedade ao seu redor.  As protagonistas na obra de Jane lutam para serem tratadas como criaturas racionais que são capazes de ser muito mais do que senhoritas apaixonadas.

O sucesso de Jane Austen é tão grande, que todos os seus romances ganharam inúmeras adaptações para as telas do cinema e da TV. Nesse post, apresentaremos as mais interessantes e impactantes.

Orgulho e preconceito (2005)

Orgulho-e-Preconceito-2

Keira Knightley e Matthew MacFadyen

É a adaptação cinematográfica mais recente. Fez muito sucesso por trazer dois grandes atores com atuações maravilhosas nos papéis principais, Keira Knightley interpreta Elizabeth Bennet e Matthew MacFadyen dá vida ao Sr. Darcy.

O enredo conta a história das cinco irmãs Bennet, Elizabeth (Keira Knightley), Jane (Rosamund Pike), Lydia (Jena Malone), Mary (Talulah Riley) e Kitty (Carey Mulligan), que foram criadas por uma mãe (Brenda Blethyn) que sonha em lhes encontrar maridos que garantam o futuro das meninas. Mas, com o apoio do pai (Donald Sutherland), Elizabeth deseja ter uma vida mais ampla do que apenas se dedicar ao marido. A vida das irmãs muda com a chegada do Sr. Bingley (Simon Woods), um solteiro rico que passa a morar na mansão vizinha e seu amigo, o encantador Sr. Darcy (Matthew MacFadyen).

O longa foi indicado para quatro categorias do Oscar 2006, incluindo Melhor Atriz (Keira Knightley), Melhor Figurino, Melhor Trilha Sonora e Melhor Direção de Arte. A trilha sonora, composta por Dario Marianelli exclusivamente para o filme, é uma beleza a parte.

Razão e Sensibilidade (1995)

razc3a3o-sensibilidade

Emma Thompson, Kate Winslet e Gemma Jones

Adaptação com um grande elenco, em performances incríveis. Emma Thompson, que além de ser a roteirista, interpreta a irmã mais velha Elinor Dashwood e Kate Winslet interpreta Marianne Dashwood. Bastante fiel ao livro, a história narra os acontecimentos após a morte do pai das duas irmãs e a série de problemas que isso causa em suas vidas. Elinor é prática e racional, já Marianne é romântica e sensível, essa diferença entre as irmãs faz com que tenham perspectivas divergentes sobre o que é o amor. Hugh Grant aparece como o cativante Edward Ferrars e o papel de Coronel Brandon, um dos pretendentes das irmãs, fica com o espetacular Alan Rickman. O filme ganhou o Oscar de 1996 de Melhor Roteiro Adaptado e dois Globos de Ouro, incluindo Melhor Filme.

Persuasão (2007)

6a00d83467174c53ef01310f3e67c0970c

Sally Hawkins e Rupert Penry-Jones

Com elenco talentoso e fotografia impecável, a telessérie dividida em três partes narra a história da jovem solteira e infeliz Anne Elliot (Sally Hawkins) que tem de lidar com as dificuldades financeiras de sua família. Não bastando todos os reveses, o destino prega-lhe uma peça quando o capitão Frederick Wentworth (Rupert Penry-Jones) retorna a sua vida oito anos depois que a família dela a aconselhou a não aceitar o pedido de casamento dele. Mas agora Wentworth está rico e rodeado de belas pretendentes. Anne, então, será desafiada a provar que lamenta pela decisão tomada no passado e que durante todos esses anos sempre o amou verdadeiramente.

Emma (1996)

austensummpage_1645706c

Gwyneth Paltrow

A atriz Gwyneth Paltrow, ganhadora do Oscar de melhor atriz por Shakespeare Apaixonado, dá vida à espevitada Emma e Jeremy Northam interpreta Mr. Knightley. O longa conta a história de Emma Woodhouse, uma jovem inteligente e cheia de si que decide atuar como cupido para as pessoas que a cercam, na tentativa de tornar todas felizes como ela.

Palácio das Ilusões (Mansfield Park) (1999)

AA2LYhN

Jonny Lee Miller e Francis O’Connor

Com algumas diferenças do romance original, Palácio das Ilusões conta a história de Fanny Price (Francis O’Connor) que, ainda bem jovem, é levada para morar na casa de seus tios, na enorme propriedade de Mansfield Park. Sempre destratada pelas primas, seu único amigo passa a ser Edmund Bertram (Jonny Lee Miller), seu primo mais novo. A chegada dos novos vizinhos, os irmãos Henry e Mary Crawford trazem uma confusão de sentimentos na casa, especialmente pela afeição que Henry passa a cultivar por Fanny.

A Abadia de Northanger (2007)

jj-feild-with-felicity-jones-in-the-jane-austin-epic-northanger-abbey-picture-by-colm-hogan-itv-plc-802879940

J. J. Feild e Felicity Jones

Catherine Morland (Felicity Jones) é convidada para conhecer a cidade de Bath, onde ela busca viver uma aventura como as que conhece de seus livros. Ela acaba conhecendo os irmãos John e Isabella Thorpe, e também Henry e Eleonor Tilney. Ao vivenciar esse universo de famílias ricas, sua curiosidade e fascínio por aventuras acabam levando Catherine a acreditar que os Tilney guardam um terrível segredo.

Depois de ler sobre todas essas magnificas adaptações, abaixo estão três produções sobre a nossa autora favorita.

Amor e Inocência (2007)

Becoming-Jane-becoming-jane-26988319-2048-1368

James McAvoy e Anne Hathaway

Com um título mais interessante em inglês (Becoming Jane), Amor e Inocência conta a biografia da nossa tão querida autora, afinal, ela merecia um belo filme depois de nos presentear com “roteiros” para tantas produções cinematográficas. O filme é baseado em deduções e fatos tirados de cartas escritas pela própria Jane Austen. O enredo conta a trajetória da jovem Jane ainda nos prematuros rascunhos de seus primeiros romances. Coube a Anne Hathaway o papel de Austen, e o suposto interesse amoroso dela, Tom Lefroy que dizem ter servido de inspiração para a criação do icônico Mr. Darcy, é interpretado por James McAvoy.

O Clube de Leitura de Jane Austen (2007)

clube-de-leitura-de-jane-austen-2

Elenco do filme

O filme conta a história de seis amigos que se reúnem e formam um clube do livro para discutir todos os romances de Jane Austen. Ao passo que vão lendo cada uma das obras de Jane, os membros do grupo lidam com situações em suas vidas pessoais que se relacionam com os enredos dos livros de Austen, dessa forma, eles adaptam filosofia e aprendizado da autora para suas próprias vidas.

Miss Austen Regrets

Miss-Austen-Regrets-miss-austen-regrets-16026985-800-600

Olivia Williams e Imogen Poots

Em 2007, o canal britânico BBC estreou a telessérie Miss Austen Regrets. Baseada em cartas que a autora trocava com sua irmã Cassandra e sua jovem sobrinha Fanny. A trama retrata a história da relação entre Jane e Fanny, uma vez que Jane precisa ajudar sua sobrinha na escolha de um bom companheiro. Embora Jane Austen nunca tenha se casado, a série a retrata como uma pessoa que entende muito sobre as questões do amor. A adaptação ainda conta com Tom Hiddleston interpretando John Plumptre, o jovem interesse amoroso de Fanny.